7 dicas para conseguir um emprego no exterior

06/05/2019 Cintia Romano

1- Trace uma meta
O primeiro clichê que é pura realidade.
Organização e objetivos traçados ajudam e muito a alcançar metas.
Coloque seu objetivo no papel, avalie as dificuldades (e estude um jeito de superá-las).
Assim você não se perde nas ideias.

Organização e planejamento (e paciência, diga-se de passagem), são os segredos do sucesso.

2- Estude inglês!
Pode parecer mais do mesmo, mas a verdade é que o inglês continua sendo essencial para conseguir uma recolocação profissional, não somente nos países de língua inglesa.
Ah, mesmo em Portugal? Sim!! Tenho amigos que estiveram em Portugal, com cidadania europeia e não conseguiram emprego por não saber inglês!
Portanto, não acredite cegamente naquelas chamadas “País XYZ contrata fluentes em português”. A vaga pode até exigir fluência em português, mas apenas o português não será suficiente.
Meu marido já fez entrevistas em empresas portuguesas e o idioma na entrevista era o inglês.
E foi contratado pra trabalhar na Alemanha falando apenas inglês (o alemão não foi exigido na área dele, TI).

E agora que moramos em Portugal, vejo que 90% das vagas exigem inglês!

E gente, vamos combinar que hoje em dia dá pra turbinar o inglês de diversas formas. A internet tem muito conteúdo grátis para aprender uma língua estrangeira. E há vários canais no Youtube super legais!


3- Crie/atualize seus perfis nos bancos de dados profissionais
As redes sociais de carreira, como o LinkedIn e o Github (www.github.com), são ótimas ferramentas de interação entre candidatos e empresas.
É bem comum os recrutadores se interessarem por um perfil e chamarem pra uma entrevista (meu marido foi encontrado pela empresa dessa maneira).
E é super importante deixar esses perfis atualizados, principalmente, em inglês.


4- Aplique para as vagas, sem medo de ser feliz

Não tenha medo, vergonha ou receio de aplicar para uma vaga interessante ou que você ache que tem o perfil.
O máximo que pode acontecer é você não ser chamado pra entrevista.
Aplicar é sempre muito bacana porque, mesmo que não haja uma vaga específica aberta, algumas empresas tem o hábito de entrevistar o candidato mesmo assim e avaliar posteriormente sua contratação (uma espécie de banco de talentos).


5- Entenda a cultura da empresa
Grandes empresas valorizam quando o candidato se interessa em conhecer seus valores e sua missão.
Então, antes da entrevista, pega bem pesquisar e ter uma visão macro da empresa e, durante a entrevista, deixar transparecer que você está a par dessas informações.


6- Não tenha medo de falar inglês

Falar um bom inglês é importante, mas não fique na neura de falar perfeitamente.
Às vezes, ficamos tão pilhados em falar sem nenhum erro gramatical que isso pode atrapalhar e passa uma mensagem de “insegurança” ao entrevistador.
Fale, se faça entender, não deixe de se expressar.


7- Não desista

Se seu objetivo for realmente conseguir um emprego no exterior, não desista ao ouvir os primeiros nãos.
Encare as entrevistas como um treinamento (e elas são exatamente isso!). Você fica melhor a cada uma que fizer, vai pegando os macetes, fica menos tenso e tudo flui melhor.
Persevere, pois conquistar seu objetivo será apenas uma questão de tempo!


(Não somos profissionais de RH, apenas registramos nossas percepções a partir das nossas experiências pessoais).

No Comments

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

E-Book Grátis!

Quem somos

Quem somos

Olá! Eu sou a Cintia. Eu e minha família atualmente moramos na região de Lisboa, Portugal, mas já moramos em Berlim, Alemanha, antes de mudarmos para cá. Aqui falarei sobre o nosso dia-a-dia, literatura infantil, passeios, viagens com crianças, burocracias, como foi nossa mudança do Brasil para a Alemanha e da Alemanha para Portugal (ufa!), as dificuldades iniciais, adaptação, cidadania italiana e muito mais! Leia Mais

SIga-nos!

Categorias

ültimos Posts

×